Voltar

Análise de Abril de 98

Software cai... Serviços sobem

Índice agregado de procura

Maio97

Junho97

Julho97

Agosto97

Set97

Out97

Nov97

Dez97

Jan98

Fev98

Mar98

Abr98


 11.0 

 ê
8.4

 é
8.8

 ê
-11.2

 é
24.1

 ê
18.0

 é
19.4

 ê
16.5

 ê
-5.2

é
9.2

 é
15.5

 ê
10.0

 

Gráfico Índice de procura agregado

O Barómetro Nacional de Tecnologias e Sistemas de Informação registou em Abril uma queda acentuada no índice de procura de software. O valor foi de apenas dois pontos contra os 14 obtidos em Março. Uma descida que arrastou consigo o índice agregado de procura. O valor global quedou-se pelos 10,05, contra os 15,5 registados no mês anterior.

 

Gráfico da média dos índices de procura trimestral

Apesar da queda abrupta do software, a procura de serviços não tem parado de crescer desde o início do ano. Em Abril o índice de serviços atingiu o valor mais alto de 1998 com 18 pontos. A subida é contínua desde Janeiro e as estimativas, a três meses, das empresas inquiridas para o mercado de serviços é de crescimento.

 

Gráfico de índice de procura de serviços

Contratos de outsourcing e de consultoria face ao ano 2000 e à adopção da Moeda única foram os principais factores que influenciaram o crescimento da procura do segmento dos serviços.

 

Gráfico índice de procura de software

A queda da procura de software aplicacional foi a principal causa para o comportamento modesto do segmento de software. Os principais fornecedores ressentiram-se em Abril da queda generalizada da procura de aplicações. Contudo, não adiantaram razões para este comportamento. A saturação e a capacidade de absorção do mercado pode ser um dos factores condicionantes. A maioria das maiores empresas nacionais já implementaram ou estão a implementar soluções aplicacionais, o que origina por um lado uma explosão na procura de consultoria e por outro a descida do índice de procura.

Resta agora saber como irão os fornecedores atacar o mercado das PME. A descida de preços das soluções e dos serviços associados ao software aplicacional é o caminho lógico e aquele que poderá trazer consequência a curto prazo. Contudo no segmento das PME a luta será mais renhida. A presença de outros protagonistas solidamente instalados será uma barreira à entrada dos fornecedores de ERP.

 

Gráfico índice de procura de hardware

Até ao final do ano o mercado das PME será um palco interessante de confrontação. Outro dos blocos virá sem dúvida das empresas que produzem em série aplicações para pequenas e micro empresas. Com o crescimento do NT estas software-houses começam a encarar a oferta de soluções para PME. Com um preço mais baixo e funcionalidades, em muitos casos, idênticas às grandes aplicações corporativas, estas software-houses poderão conquistar uma fatia importante do mercado.


Painel de Empresas:

BULL - CISCO - DATA GENERAL - DIGITAL - EDS - EPSON - HEWLETT PACKARD - IBM - ICL - INFORMIX - INTERGRAPH - INTERLOG - LUSOCRESA - METHODUS - NOVABASE - OKI - OLSY - ORACLE - PRIMAVERA SOFTWARE - PROLÓGICA - RANK XEROX - SAP - SILICON GRAPHICS - SINFIC - SOLSUNI - SOFTWARE AG - SOLBI - SMD - SUN - S3 - TECNOLOGIA INFORMÁTICA - UNISYS - LOTUS

 


Metodologia

O Barómetro destina-se a medir mensalmente o estado da procura global do mercado. A medição será sobre dados qualitativos e incidirá sobre um painel de empresas.

A construção do Barómetro tem a seguinte metodologia:

  • Inquérito mensal por via postal/fax
  • Perguntas com respostas de opção e fechadas
  • Será utilizado o SRE (saldo de respostas extremas) para cada um dos índices parciais. A fórmula é a seguinte:

SRE = nº respostas «aumentou» - nº respostas «diminuiu»

  • A cada uma das respostas de cada empresa será submetido um ponderador para cada um dos seguintes segmentos: hardware, software e serviços. Os ponderados variam entre 1 e 5 consoante a dimensão da empresa e o seu modelo de negócio. 
  • O índice agregado de procura é obtido através da média ponderada de cada um dos indicadores parciais. Possui os seguintes ponderadores:

Hardware: 0.45

Software: 0.30

Serviços: 0.25

Voltar